A Diferença Entre o Chinês Simplificado e Tradicional – Qual Devo Aprender?

A China é uma força global em rápida expansão. Ele lidera a lista de países com a maior população do mundo e uma economia em expansão, perdendo em tamanho apenas para a dos Estados Unidos. Para empresas globais – ou empresas que almejam serem globais – não há como negar o poder do chinês.

Imagem: Pexels

 

À medida que mais e mais empresas se esforçam para alavancar esse poder linguístico, a demanda por serviços de tradução no idioma chinês dispara. Porém, ao traduzir documentos para populações, empresas ou seus provedores de serviços de língua chinesa, são enfrentados um sério desafio linguístico.

Existem três idiomas chineses escritos de forma diferente:

  • Tradicional de Taiwan
  • Tradicional de Hong Kong
  • Simplificado da China continental

 

Essas opções nos leva à pergunta: qual é a diferença entre um sistema de escrita chinês tradicional e o simplificado?

 

Veja a diferença de como a palavra “folha” é mostrada abaixo:

 

Na sua essência, o chinês simplificado é uma simplificação do alfabeto tradicional. Essa simplificação é realizada de duas maneiras principais:

 

  1. Redução de Traços
  2. Fusão de Caracteres

 

Redução de Traços

Para tornar os caracteres mais fáceis de ler e escrever, o chinês simplificado apresenta menos “pinceladas” (ou traços) do que sua contraparte tradicional. No exemplo acima, o caractere que significa “folha” possui muito menos linhas do que a versão tradicional.

Alguns caracteres parecem exatamente iguais – especialmente em situações em que a versão tradicional já é muito simples para justificar mudanças, por exemplo, o caractere significado pessoa, que mantém a forma idêntica entre os textos em chinês tradicional e simplificado.

 

 

Fusão de Caracteres

A redução de traços é apenas uma das maneiras de simplificar os caracteres do chinês tradicional. Caracteres mesclados ou fundidos uns com os outros também são predominantes.

Cada caractere em chinês simplificado é mapeado para um ou mais caracteres em chinês tradicional e com a fusão de caracteres, componentes desnecessários, incluindo caracteres inteiros, são removidos para formar uma nova versão simplificada.

Embora sejam escritos de maneira diferentes, os caracteres correspondentes em chinês tradicional e simplificado são geralmente pronunciados da mesma maneira ou de maneira semelhante.

 

via GIPHY

 

A história do chinês simplificado

Para isso vamos voltar no tempo. Por que o sistema de escrita em chinês tradicional foi substituído em primeiro lugar? Com mais de 50.000 caracteres em seu inventário lexical, a prática de simplificar o sistema de escrita está longe de ser inédita.

Diferentes versões e interpretações do alfabeto chinês circulam não oficialmente há anos. Então, em 1949, quando um novo governo foi estabelecido depois da revolução que colocou Mao Tsé-Tung no poder, surge um novo país, a  República Popular da China e então foi lançada uma iniciativa para desenvolver um sistema oficial e simplificado de escrita.

O objetivo era tornar a leitura e a escrita mais acessíveis a uma população amplamente analfabeta. Os linguistas chineses trabalharam em parceria com o governo para simplificar aproximadamente 2.000 caracteres chineses.

Em 1949, o novo sistema de escrita “simplificado” foi adotado oficialmente e, nas próximas décadas, foi incorporado aos sistemas escolares e à distribuição de documentos. Hoje, é o sistema de escrita padrão para mais de um bilhão de cidadãos chineses.

 

Imagem: Pexels

 

Onde são usados ​​o chinês tradicional e o simplificado?

 

Chinês tradicional

Essa é a forma de escrito usado em Hong Kong, Taiwan e Macau. Aqui vale fazer um parêntesis histórico:

 

Hong Kong foi colônia britânica (pertencente ao Reino Unido) até o ano 1997, Macau foi colônia portuguesa (sim lá ainda se fala português no seio de algumas famílias) até o ano 1999, e Taiwan é um caso controverso.  Com a devolução desses dois territórios na década de 90, eles foram incorporados à China, porém sob a condição de serem zonas de administração especial (Special Administrative Region).

Com a revolução comunista liderada por Tsé-Tung tomando o poder da China continental em 1949, muitos membros do então partido nacionalista chinês, Kuomintang, fogem para a ilha de Formosa, também conhecida como Taiwan. Daí proclamam-se como a verdadeira China. 

Bem, o tempo passou e nunca chegou-se a uma solução. Até os dias de hoje, a China continental considera a ilha de Formosa (Taiwan) como parte do seu território, porém com um governo “rebelde”.

 

Existem duas variedades reconhecidas oficialmente: chinês tradicional de Hong Kong e chinês tradicional de Taiwan. As diferenças entre os dois são mais sutis do que as diferenças entre chinês simplificado e chinês tradicional.

Principalmente, eles contrastam em estilo e pronúncia. No entanto, também existem alguns caracteres exclusivos encontrados em chinês de Hong Kong, e não em chinês tradicional de Taiwan.

Ainda assim, ambos os sistemas de escrita operam com um conjunto semelhante de caracteres e, para fins de tradução, são frequentemente chamados simplesmente de “chinês tradicional”.

 

Chinês simplificado

O chinês simplificado, por outro lado, é de uso padrão para os residentes da China continental cerca de 1,43 bilhões de pessoas. Um pequeno subconjunto dessa população, principalmente as gerações mais velhas, ainda podem entender o chinês tradicional. No entanto, para a maioria dos falantes de chinês na China Comunista Continental, os textos escritos na forma tradicional provavelmente causarão confusão.

Curiosamente, um número crescente de residentes de Taiwan e Hong Kong é capaz de ler textos simplificados também. Ainda assim, as empresas que desejam realmente se relacionar com esses mercados podem considerar se comunicar com eles no idioma ao qual estão acostumados à versão tradicional.

 

Um teclado chinês no edifício de serviços municipais Shek Tong Tsui, Hong Kong – Imagem: Wikipedia

 

Em resumo, qual método de escrita de chinês devo aprender? Isso depende dos seus objetivos, porém se é por uma questão de influência ou do número de falantes, o chinês simplificado seria a escolha recomendada e para começar a aprende-lo, nada melhor que fazer um curso com professores nativos, no conforto da sua casa usando o aplicativo para comunicação on-line que você preferir, como Skype, Zoom ou até mesmo WhatsApp.

Para isso, basta entrar em contato conosco e reservar o seu curso de chinês! Lembrando que em tempos de quarentena oferecemos cursos híbridos, que começam de maneira remota e podem ser passados para presenciais quando você quiser!

Comentários sobre A Diferença Entre o Chinês Simplificado e Tradicional – Qual Devo Aprender?