Morar no Uruguai: Custo de Vida, Trabalho e Documentação

Continuando nossa série que deseja ajudar ao menos um pouquinho os brasileiros de desejam mudar de país, hoje falaremos de um país vizinho que em um passado distante chegou a fazer parte do Brasil.

O Uruguai é uma ótima opção para os brasileiros que desejam imigrar sem muitas complicações burocráticas.

Assim como os demais países pertencentes ao Mercosul, todo brasileiro pode morar no país vizinho sem a necessidade de visto, além da existência de um acordo entre o Brasil e o Uruguai que facilita a emissão da residência permanente.

Morar no Uruguai vem atraindo cada vez mais brasileiros em busca, principalmente, de oportunidades de trabalho. Para aqueles que já dominam o espanhol, língua oficial do país, torna-se mais fácil ainda esse processo de transição.

 

Se está pensando em morar no Uruguai é melhor ir acostumando com o chimarrão deles que é chamado de "mate", a bebida nacional do país - Imagem: PxHere

 

Estima-se que hoje que cerca de 15,5 mil brasileiros estejam no país. Além disso, o custo de vida para morar na capital Montevidéu é bem similar ao de São Paulo, sendo cerca de 7% mais cara.

Tal como em todos os lugares do mundo, o custo de vida no Uruguai varia de acordo com a cidade. É impossível e injusto dizer que a capital e uma cidade bem menor praticam os mesmos valores. Também é preciso considerar que os preços variam de acordo com o perfil familiar e com o estilo de cada um, há quem seja mais econômico e há quem prefira desfrutar de alguns luxos, por exemplo.

O país conta ainda com o  maior salário mínimo da América Latina acima da Costa Rica e do Chile.

Imagem: Wikipedia

 

Apesar disso, os atuais 15.000 pesos uruguaios – no cambio atual cerca de 1.721 reais - ainda são considerados baixos pela população e movimentos sindicais.

Já vamos praticando o espanhol com esse vídeo?

Em relação a trabalho o Uruguai não é muito diferente de qualquer outro país latino-americano, conseguir um emprego não é uma tarefa tão fácil. Há pessoas que de início conseguem um emprego fora da sua área de atuação, servindo assim de base para um futuro emprego na área em que realmente deseja atuar.

Na capital Montevidéu há muitos restaurantes, lanchonetes, supermercados, pizzarias, que podem ser áreas possíveis para trabalho, sendo temporários ou não. Outras áreas muito solicitadas nos sites de busca de emprego são:

• Administração
• Tecnologia da informação
• Comércio e Vendas
• Atenção ao cliente
• Contabilidade e Finanças
• Indústria e Produção
• Marketing e Publicidade
• Turismo, Hotelaria e Gastronomia
• Recursos Humanos

Todo os cidadãos das nações abrangidas pelo Acordo sobre Residência para Nacionais dos Estados Pertencentes ao Mercosul tem o direito de ajuda, informação, proteção e igualdade de direitos e deveres de trabalho reconhecido pelos nacionais do país em que estiver exercendo as atividades.

Outro ponto positivo está no Acordo Multilateral de Segurança Social do Mercosul que permite aos trabalhadores ter acesso a benefícios, como por exemplo, aposentadoria.

Leia Mais:

Sendo assim, a obrigação dos brasileiros ao trabalhar e morar no Uruguai é a de dar entrada no trâmite de obtenção de residencial legal nas Autoridades Migratórias do País para obter o documento necessário obrigatório para exercer a atividade.

Na cartilha de apoio ao imigrante disponível na página do consulado do Brasil no Uruguai há o endereço e contato de todos os órgãos envolvidos no processo.

Os documentos necessários serão:

• Passaporte válido
• Certidão de Nascimento e RG atualizados
• Carteira de Identidade Estrangeira (emitida pela Polícia Federal)
• Certidão de Antecedentes Criminais
• Carta Convite ou Contrato de Trabalho
• Certificado Internacional de Vacina ou Certificado Médico Migratório

Caso ainda tenha dúvida, esse post ajuda um pouco também!

Então? Esse país pequeno, de apenas 3 milhões de habitantes que tem tanto em comum com o Brasil te atrai para ser a sua nova casa?

Bônus: Conheça a relação entre o cantor Belchior e o Uruguai

Comentários sobre Morar no Uruguai: Custo de Vida, Trabalho e Documentação