Os Erros Mais Frequentes Dos Brasileiros Ao Falarem Espanhol

Há muitos brasileiros por aí que dizem: ...

"Ah, espanhol é muito fácil e eu falo bem!"

Se comunicar nos dois idiomas é totalmente possível, pois por terem a mesma origem, as línguas são inteligíveis (possível de serem entendidas dos dois lados da conversa).

Muitas são as semelhanças entre português e espanhol, a primeira delas é a origem da língua, uma vez que ambas se originaram do latim.

+Leia Mais:

A outra semelhança é que esses dois idiomas, são falados na América do Sul e Europa e na África (Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Cabo Verde para o português, e Guiné Equatorial para o espanhol).

Porém essas semelhanças são justamente o que fazem com que os brasileiros achem que somente mudando o sotaque e a sílabas tônica das palavras tudo estará resolvido e bem falado, porém engana-se muito quem pensa assim.

A seguir estão listados os erros mais frequentes dos brasileiros que não falam espanhol, mas acham que pensam.

Loja

Imagem: Wikipedia

A palavra loja é uma das primeiras a serem confundidas pelos turistas. Quando começam suas compras esses, logo, procuram uma “loja” que é pronunciado como “lorra”, uma vez que o “j” em espanhol, tem o som de “rr” em português. Porém o que na verdade eles querem procurar ou saber exatamente onde esta seria uma “tienda” como são na verdade chamados esses estabelecimentos.

Perto

Imagem: PXHere

Esse é um clássico: quem também nunca achou que o “perto” viraria um “pierto” em espanhol? Porém como mais um dos inúmeros erros a distancia também é uma das dificuldades. Porque não só está errado como nem ao menos existe essa palavra em espanhol que na verdade é “cerca” e podem ter o diminutivo “cerquita”.

Longe

Imagem: Flickr

Muitas vezes o “longe” sai em portunhol com a pronúncia espanholada como “lonrre” mas um bom entendedor de espanhol não vai entender o que você ta tentando dizer, já que não é nem parecida a palabra. A forma certa seria “lejos”.

Alface

Imagem: Pexels

A verdura que é uma das mais comuns no Brasil não tem esse mesmo nome em espanhol, e isso causa alguma confusão em restaurantes e lanchonetes, afinal o famoso alface que o brasileiro pensa que é somente mudar um pouco a entonação da palavra e falar um "ALFACE" com a L bem pronunciada como fazem alguns gaúchos e os portugueses, na verdade se chama “lechuga” para os hispânicos.

Sacola

Se você já ativou seu espanhol em modo "super portunhol" já errou, não é sacuela como nosso amigo Ariel Palácios, correspondente da Globos News na Argentina sugeriu:

Se quiser uma sacola em um país hispano-hablante, basta pedir uma BOLSA. Aí ... você pergunta: "e bolsa, como é?" ... é cartera 🤔 aí você se confundiu mais ainda e pergunta: "e como é carteira?" ... é billetera, porque billete é uma nota de dinheiro, então é o lugar de colocar "billetes".

Imagem: Pixabay

Como podemos ver, muitas vezes as formas de pronunciar palavras em espanhol e em português são bem parecidas, tendo em conta que + ambos possuem a mesma origem, o latim vulgar, como já mencionamos acima.

Em alguns casos nem a grafia nem a pronúncia são iguais, e a palavra que queremos dizer é totalmente diferente.

Se você vai tentar falar espanhol sem passar vergonha, saiba que o seu “portunhol” pode até funcionar, mas não vai ser por muito tempo, e ainda pode te colocar em situação embaraçosas.

 +Leia Mais:

Comentários sobre Os Erros Mais Frequentes Dos Brasileiros Ao Falarem Espanhol