Top 10 Músicas Brasileiras de Todos os Tempos

Falar de música brasileira é falar de vários estilos musicais que, ainda que muito distintos entre si, formam o grande território heterogêneo que é o Brasil em todos os seus aspectos culturais.

Listamos um Top 10 das músicas brasileiras mais clássicas, que foram, são e serão cantadas por todos! Aperte o play e aproveite isso aqui ô ô que é um pouquinho de Brasil laiá!

 

 

 

     1) Brasileirinho – Waldir Azevedo

É um choro (gênero de música popular e instrumental brasileira, popularmente chamado de chorinho) composto em 1947 por Waldir Azevedo, músico e compositor brasileiro, mestre do cavaquinho. É considerado o maior sucesso da história do gênero. Foi gravado pelo conjunto de Waldir e Ademilde Fonseca e, mais tarde, por músicos de todo o mundo.

 

 2) Garota de Ipanema

 É uma das mais conhecidas canções de Bossa Nova e MPB, foi composta em 1962 por Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim. A versão em inglês desta canção se chama The Girl from Ipanema, cuja letra foi escrita por Norman Gimbel em 1963. Já foi cantada por Frank Sinatra, Cher, Mariza, Madonna, Sepultura, Amy Winehouse e vários outros artistas.

 3) Aquarela do Brasil

“Aquarela do Brasil” é uma das mais populares canções brasileiras de todos os tempos, escrita pelo compositor mineiro Ary Barroso em 1939. O sucesso de “Aquarela do Brasil” demorou a se perpetuar. Em 1940, não conseguiu ficar entre as três primeiras colocadas no concurso de sambas carnavalescos. O sucesso só veio após a inclusão no filme de animação Saludos Amigos, lançado em 1942 pelos Estúdios Disney. Foi a partir de então que a canção ganhou reconhecimento não só nacional como internacional, tendo se tornado a primeira canção brasileira com mais de um milhão de execuções nas rádios estadunidenses.

4) Águas de Março

É uma famosa canção brasileira do compositor, músico, arranjador, cantor e maestro Tom Jobim, feita em 1972. A canção foi lançada inicialmente no compacto simples Disco de Bolso, o Tom de Jobim e o Tal de João Bosco. Em 1974, uma versão em dueto com Elis Regina foi lançada no LP Elis & Tom. Posteriormente, Tom Jobim compôs uma versão em língua inglesa, que manteve a estrutura e a metáfora central do significado da letra.
A canção chegou a inspirar uma campanha publicitária da empresa Coca-Cola na década de 1980, com um arranjo mais próximo do rock e outros versos. Em 2001, foi nomeada como a melhor canção brasileira de todos os tempos em uma pesquisa de 214 jornalistas brasileiros, músicos e outros artistas do Brasil, conduzida pelo jornal Folha de São Paulo.

5) Desafinado

Desafinado é uma canção de bossa nova composta por Tom Jobim e Newton Mendonça lançada como um single por João Gilberto como em 1958 e incluída em seu álbum de estreia, Chega de Saudade, lançado em 1959. A canção é uma resposta à crítica da época, que considerava a bossa nova “música para cantores desafinados”. A canção foi posteriormente gravada por diversos artistas, incluindo Tom Jobim, Herb Alpert, Ella Fitzgerald e Stan Getz, que em 1963 ganhou o Grammy de Melhor Performance de Jazz por um Solista ou Grupo Pequeno pela canção.

6) Chega de saudade

Chega de Saudade é uma canção escrita por Vinícius de Moraes (letra) e por Antonio Carlos Jobim (música), em meados dos anos 50.
Foi gravada pela primeira vez em 10 de julho de 1958, na voz de Elizeth Cardoso, que a gravou com arranjos do maestro Antonio Carlos Jobim, acompanhada também pelo violão de João Gilberto. Mais tarde, esta gravação antológica ficou reconhecida como o primeiro registro fonográfico da bossa nova.

7) Construção

Foi considerada pelo jornal Folha de São Paulo no ano de 2001 como a segunda melhor canção brasileira de todos os tempos, atrás de Águas de Março, de Tom Jobim.
A canção foi escrita em um dos períodos mais severos da ditadura militar brasileira e narra a história de um trabalhador da construção civil, com gande crítica à alienação do trabalhados na sociedade.

8) Tico Tico no Fubá

É uma canção de choro comporta por Zequina de Abreu. Com o tempo, tornou-se uma das canções braisleiras mais conhecidas de todos os tempos. Foi gravada pela pequena notável Carmen Miranda, por Ray Conniff, entre outros.

9) Mas que nada

Foi composta pelo cantor brasileiro Jorge Ben Jor. Gravada em 1963, para seu primeiro álbum, “Samba Esquema Novo”, a canção foi o seu primeiro grande sucesso, “Mas Que Nada” também é uma das canções brasileiras mais conhecidas no exterior, particularmente nos Estados Unidos da América, quando foi gravada pelo pianista e compositor brasileiro Sérgio Mendes.

10) Regra Três

Foi o próprio Toquinho quem compôs a melodia, e pediu ao seu parceiro Vinicius uma letra para a nova composição. Porém a primeira versão da letra não agradou Toquinho. Caprichoso que era com suas autorias, Vinicius resignou-se com a desaprovação por parte de Toquinho e resolveu dar o troco, fazendo Regra Três em ‘homenagem’ ao seu parceiro namorador, falando do homem em sua derrota após tratar sua mulher com desdém. Um marco da música brasileira, cantada por gerações de amantes dessa parceria.

Se você está planejando mudar-se para o Brasil ou é estrangeiro e quer melhorar seu português, faça nosso teste de português on-line no link abaixo, sem custos!

>>>  http://goo.gl/MYBdKP

http://www.languagetrainersbrasil.com.br/testes_idioma/portugues_teste_nivel.php

Comentários sobre Top 10 Músicas Brasileiras de Todos os Tempos